As Aventuras de Dinho e Zeca – Dia de Prova

Como para a maioria de seus amigos na escola, o que mais apavorava Dinho eram as provas!…Como era difícil passar aquele período…Dores de cabeça, enjôo, mal estar generalizado….Noites sem dormir, preocupações sem tamanho para aquela cabeçinha juvenil….Tudo isso por causa das temidas provas…Como sofria o gordinho!

Zeca ao contrario de Dinho, era mais controlado, não se preocupava tanto e diferentemente do amigo, se preparava com antecedência para esta época; não deixava a matéria acumular.

Para Zeca, matéria dada era matéria estudada, portanto o período das avaliações escolares, se tornava bem mais suave…É claro que Zeca também não gostava  das provas… Na verdade ninguém gosta muito de ser avaliado, testado , porém todos passamos por isso na vida  de uma forma ou de outra.

Segunda feira de manhã, silêncio total na sala de aula, os alunos atentos a chamada, aqueles rostinhos todos com expressão angustiada, aguardando o momento de começar a avaliação.

Dinho apavorado  chama Zeca e pergunta ao querido amigo se poderia sentar-se ao seu lado, para  poder perguntar discretamente no caso de não saber  alguma resposta…Queria “colar”

Zeca desapontado e  triste olha para Dinho…De maneira séria fala então ao amigo que aquilo não seria certo…Apesar da grande amizade existente entre eles, não poderia agir daquela maneira e de forma resoluta justifica a resposta:

“ Penso que é melhor responder apenas o que sabemos, sem tentar enganar nem dissimular…É melhor saber de verdade  como estamos nos saindo  na escola…Saber se estamos aproveitando bem os estudos, afinal as provas servem para isso, para mensurar, ou seja, para medir o quanto aprendemos!….Servem para nos mostrar se estamos conseguindo reter  o conhecimento que está sendo oferecido…Não devemos nos preocupar somente com as notas, nem tampouco em ludibriar ninguém, porque senão seremos tolos…Os primeiros iludidos!…”

Dinho após ouvir o companheirinho ficou resignado,pensativo  e concordou com Zeca!… Manteve-se reflexivo e calado até que o professor entregou-lhe o papel para a avaliação….

Autor:  Paulo Alcides Gonçalves de Oliveira Alves

Ilustrações: Alexandre Nunes


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>